segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

CONFLITO E RETALIAÇÃO – Maria Fátima Soares

Sinopse

Eu não era propriamente um inocente quando deparei com ela. Muito menos um fraco exemplar da sua raça. À partida seria muito pouco provável que me sentisse com vontade de os poupar. Eles não significam nada para mim. Se morressem somava mais uma conquista. Fortalecia-me e avançava sem sequer olhar para trás. Porém, algo incompreensível se interpôs, e dei por mim envolto numa teia que ajudei a tecer, num encantamento desconhecido e irrecusável. Passei de vencedor a vencido num jogo de xadrez altamente viciante, e estrondosamente perigoso. No fim, nada mais me restava senão admirar-me com as consequências. Nunca alguém me pôde fazer frente e sair impune! Nunca ninguém sobreviveu para contar aquilo que sofreu às minhas mãos. E por mais atroz que fosse a eliminação que lhes impunha, nunca tal me pesou na consciência, porque simplesmente não a tinha. Então, o que contribui para que ela ainda esteja viva ?

Opinião
“Conflito e Retaliação”, é o II volume de uma saga que se inicia com o livro “Ascensão e Queda”, o III volume dá-se pelo nome de “Pena e Destino” e a saga será concluída com o lançamento do IV Volume, “Cercada”.
Finalizada a leitura do I Volume desta saga, foi complicado não pegar no volume seguinte, tanta era a curiosidade de continuar a acompanhar a história de Andreia e dos Anjos, Negros e de Luz.
O I Volume é relatado pela Andreia, é ela que nos conta a sua história. Neste volume temos a mesma história, mas do ponto de vista de Caleb.
E perguntam vocês. A mesma história nos dois volumes?
Pois bem, posso dizer que achei bastante interessante este facto, na medida em que nos colocamos na pele de Andreia como humana e nos colocamos, neste volume, na pele de Caleb como Anjo Negro. Assim sendo, ficamos a conhecer muito melhor estas duas personagens, mas mais importante que isso, ficamos a conhecer o enorme sentimento que as une.
De facto sabia que ambos partilhavam um sentimento comum, mas não tinha a noção da importância que este sentimento tinha para Caleb e o que influenciava nas suas decisões. Após a leitura deste volume, compreendo perfeitamente o que levou Caleb a proteger Andreia e a enfrentar os seus, colocando em risco a vida de ambos.
No I Volume era mais notável a acção, presentemente o que sobressaiu mais foi este sentimento, um sentimento forte, mas ao mesmo tempo perigoso e completamente proibido.
“O seu caminho era de luz, enquanto que o meu, se fazia na mais completa escuridão.”
Deparei-me nesta leitura com uma estrutura um pouco diferente da anterior. A narrativa é mais densa, enquanto que no anterior tínhamos uma narrativa mais aberta, dotada sobretudo de diálogos, o que lhe conferia uma característica mais dinâmica. No entanto a escrita continuou a ser fluida e simples.
No final deste livro, a autora Maria de Fátima Soares abriu o apetite para prosseguir com próxima leitura, presenteando-nos com um cheirinho do que nos espera no próximo volume.
Mal posso esperar…

Artigos Relacionados:
- "Ascensão e Queda" (Volume I)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigada pelo seu comentário...