quarta-feira, 16 de março de 2011

SEGREDOS DE FAMÍLIA – Kim Edwards

Sinopse

De leitura cativante e profundamente comovente, Segredos de Família é uma história brilhante sobre vidas paralelas e o poder redentor do amor.

A história deste romance notável começa numa noite de Inverno de 1964, quando uma tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto dos seus filhos gémeos. O filho, o primogénito, é perfeitamente saudável, mas David apercebe-se de imediato de que a filha é portadora de síndrome de Down. Convencido de que está a fazer o que está correcto, David toma uma decisão precipitada que irá ensombrar as suas vidas para sempre. Pede a Caroline, a enfermeira, que leve a bebé para uma instituição, mas ela acaba por fugir para outra cidade, onde irá criar a bebé como sua própria filha.

Opinião

Quando vi pela primeira vez este livro, fiquei muito entusiasmada, a sinopse deixa-nos com uma vontade incontrolável de o ler e a capa ajuda nesse sentido. Na altura partilhei esta aquisição no facebook, as reacções foram as melhores, ninguém poupou elogios a esta obra. Sendo assim, quem resiste? Ninguém, por isso não perdi tempo e mergulhei nesta história maravilhosa. Agora que acabei de o ler, entendo perfeitamente o fascínio que os leitores demonstram.

Sem dúvida, que é um livro fantástico e elaborado de uma forma muito inteligente.

Desde o inicio, que sabemos o segredo que David e Caroline transportam consigo, no entanto não é por essa razão que nos deixamos cativar por esta história. Até porque, o tema é muito sensível, pelo menos para mim. Afinal quem é que separa dois gémeos á nascença? Sei que a menina, a Phoebe, tinha síndrome de Down. No entanto será justo esconder de uma mãe a existência da filha, mesmo sendo ela especial?

É nesta base que a história se desenrola e é com estas dúvidas que nos deparamos até ao fim. Estas são as características essenciais, que me levaram a querer chegar rapidamente até ao fim, no intuito de saber o futuro dos pais dos gémeos, o futuro de um filha que só existia para David e Caroline, e até onde conseguiam esconder um segredo desta envergadura. Nem os capítulos extensos me demoveram desse objectivo, tal era o vicio que tinha por esta leitura.

O final não me surpreendeu, acho que era um pouco previsível.

Em termos mais técnicos, o que posso dizer?

Tive um pouco de dificuldade ao inicio, no que diz respeito á leitura da escrita de Kim Edwards. Não é uma escrita nem muito fluida, nem muito trabalhada, acho que o facto de as letras serem muito pequenas e a narrativa se apresentar um pouco compacta, não ajuda de todo.

Este é o ponto mais desfavorável deste livro, foi uma das características que me saltaram logo á vista e não só a mim, para quem nos vê a ler este livro também. A primeira impressão, é de que esta narrativa é extremamente densa, o que na realidade não é.

De um modo geral, a avaliação final que retiro desta leitura é bastante positiva e por isso recomendo.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigada pelo seu comentário...