quarta-feira, 9 de março de 2011

A FLOR-DE-LIS – Alda Gonzaga

Sinopse

Neste romance a autora narra a história duma mulher, realizada profissionalmente, que encontra o grande amor da sua vida e que, depois de conseguir superar os obstáculos que lhe aparecem, consegue ficar com ele. É, portanto, uma história feliz duma mulher feliz cuja vida nem sempre é um mar de rosas, pois há problemas a resolver, obstáculos a ultrapassar, desgostos a superar, apenas amenizados porque tem a seu lado um grande amor.

Opinião

Este livro foi oferecido pela Papiro Editora, que mais uma vez apoiou o Prazer da Leitura na continuação do trabalho desenvolvido na divulgação de livros e mais em concreto, autores nacionais.

O mesmo, é o segundo romance de uma trilogia composta por mais dois: O Cuco, que já tive o prazer de ler, e Caminhos, que certamente irei comprar de tão encantada que fiquei com as leituras desta autora.

Em relação ao primeiro livro que li desta trilogia, fiquei satisfeita por desta vez se tratar de uma história com final feliz. De uma história de amor profundo, verdadeiro, único, que temos o prazer de a acompanhar do inicio até ao fim.

Fiquei impressionada com a variedade de temáticas que são exploradas neste livro. Principalmente sobre o percurso da vida e os segredos do coração, que inevitavelmente nos fazem reflectir e algumas vezes questionar.

Mais uma vez, a narrativa situa-se na época do 25 de Abril de 1974 e da Independência das Colónias Portuguesas, “onde ainda não era chegado o tempo em que as mulheres valiam por si próprias”. Esta discriminação das mulheres na sociedade da época, é fundamentalmente representada pela personagem Joana, uma mulher realizada profissionalmente, determinada, forte e justa. Para além desta viagem histórica, também temos a oportunidade conhecer alguns lugares maravilhosos do norte do país.

A nível estrutural, apesar dos capítulos serem um pouco extensos, a escrita é fluida. O que oferece uma mais liberdade a esta narrativa, torna-a menos densa, apesar das muitas descrições que são feitas dos vários temas.

Sinceramente, esperava um final diferente. Não que quisesse saber o final das suas vidas, mas a forma como foi elaborado, parece que algo ficou por dizer. De qualquer das maneiras, gostei muito e aconselho. Agora é esperar pelo último volume desta triologia.

Artigos Relacionados:



Sem comentários:

Publicar um comentário

Obrigada pelo seu comentário...